Conheça a história original de Aladdin e veja as diferenças entre o filme feito pela Disney e a história original

Já é costume aqui no site falarmos sobre contos de fadas e suas versões originais e inspirações da Disney. Caso tenha perdido alguma clique aqui.

Hoje vamos falar sobre Aladdin e a Lâmpada Maravilhosa.

 

Aladdin e a Lâmpada Maravilhosa é um conto que faz parte da coletânea árabe As Mil e Uma Noites, não se sabe ao certo se esse conto estava lá quando traduzido, mas supõe-se que ele foi acrescentado a coletânea por Antoine Galland quando ele mesmo traduziu os manuscritos originais, ou o que sobrou deles, por volta de 1704 e 1717.

Logo abaixo tem um resumo da história original. E logo após vou mostrar algumas diferenças entre a história e o filme.

 

 

Aladdin e a Lâmpada Maravilhosa – História original

 

Aladdin consegue a lâmpada ainda criança quando um mago vai até ele dizendo ser seu tio, o mago leva Aladdin até o local onde se encontra a lâmpada e o faz pegar o óleo dela para si, e tranca o menino lá dentro. O mago havia dado um anel mágico para que Aladdin usasse para chegar a lâmpada. Após 2 dias Aladdin em oração justa as mãos e esfrega o anel mágico que libera um gênio no mesmo instante. Assim, Aladdin leva a lâmpada maravilhosa, o anel mágico e algumas frutas que havia tirado do jardim onde se encontrava a lâmpada, as frutas eram como pedras preciosas.

Anos depois o sultão ordena que todos se tranquem em casa pois sua filha sairia para o banho. Aladdin sempre foi curioso em saber como era o rosto da princesa, assim ele se escondeu e espiou a princesa por uma fresta, ao retirar o véu que cobria seu rosto, Aladdin ficou encantado com a beleza da princesa, ele nunca tinha visto tal beleza e se apaixona por ela no mesmo instante que à vê. Aladdin pede para que sua mãe vá até o Sultão levar-lhe as frutas preciosas e pedir a mão da princesa. Após algum tempo, a mãe de Aladdin consegue falar com o Sultão que acaba aceitando o pedido. Mas, o Vizir (título dado ao segundo homem mais poderoso do reino) queria a mão da filha do Sultão para seu filho.

Aladdin2

 

Mais tarde Aladdin fica sabendo que o Sultão havia quebrado sua promessa, e a princesa iria se casar com o filho do Vizir. Assim, Aladdin chama o gênio e pede que ele traga a cama da princesa, leve o filho do Vizir para fora em um lugar frio, e ele se deita ao lado da princesa e passa a noite com ela, dizendo para que ela não tenha medo. Aladdin faz isso algumas vezes, até que o Sultão ordena que o filho do Vizir fale o que aconteceu, por sua vez o menino diz que não quer mais ficar com a princesa e que não quer mais passar frio e medo novamente. Assim o Sultão ordena que sua filha fale o que aconteceu ou ela perderia sua cabeça.

Após isso, a mãe de Aladdin volta ao Sultão para lembrar-lhe de sua promessa, no mesmo instante ele se lembra de Aladdin e vendo que a mulher é pobre, pede um conselho ao Vizir que lhe aconselha a pedir quarenta bacias de ouro repletos de joias, transportado por quarenta escravos negros, liderado por como muitos brancos, vestidos a preceito, coisas que nenhum homem no mundo conseguiria trazer.

Aladdin por sua vez realiza todos os pedidos com ajuda do gênio, ele constrói um grande palácio lindo para a princesa, eles se casam, Aladdin com sua gentileza única torna-se capitão dos exércitos do reino, vence várias batalhas e vivem em paz durante vários anos.

Aladdin3

 

O mago fica sabendo de tudo e decide tomar a lâmpada para si e tudo que Aladdin tinha. Ele se disfarça de comerciante e sai gritando que trocaria lâmpadas velhas por novas. A princesa inocentemente faz a troca, o mago vai para o deserto e permanece lá até o anoitecer, e ele pede ao gênio que traga todo o palácio e tudo mais para ele, na África.

Quando Aladdin chega é abordo por guardas e o Sultão bravo ordena que lhe contem a cabeça, as pessoas que amavam Aladdin não gostam do que veem, isso faz com que o Sultão ordene que pare, ele pega Aladdin e mostra que o palácio tinha sumido. Aladdin fica surpreso ao ver, e após algum tempo consegue convencer o Sultão a deixa-lo ir a procura da princesa.  Assim, com ajuda do gênio escravo do anel, Aladdin vai até onde o castelo está, encontra a princesa, planeja um plano que resulta na morte do mago, pega a lâmpada e volta tudo como estava antes.

O que Aladdin não sabia era que o mago tinha um irmão mais novo mais esperto e mais perverso, o irmão do mago vai até uma mulher santa chamada Fátima, a mata e toma seu lugar e vai até a o castelo, no caminho muitas pessoas a rodeiam fazendo muito barulho. A princesa fica curiosa e manda um escravo até lá para verificar o que estava acontecendo, o escravo volta e diz e a mulher santa está lá, a princesa vai até a falsa Fátima, que lhe faz uma oração, e diz para a princesa que um ovo de roc ficaria perfeito como ornamento no castelo. A princesa fica com isso na cabeça, e quanto Aladdin volta da caça encontra a princesa quase doente, ele pergunta o que aconteceu e ela diz que quer um ovo de roc para pendurar na cúpula do castelo.

Aladdin4

 

Aladdin chama o gênio e lhe faz o pedido, o gênio por sua vez fica louco e grita dizendo que não basta tudo que ele deu para Aladdin, e que Aladdin quer o mestre do gênio como ornamento. Assim o gênio diz o plano do mago e desaparece. Aladdin manda chamar a falsa Fátima para curar a princesa, e quando ela aparece Aladdin a mata com uma punhalada no coração. A princesa fica espantada dizendo que ele matou a mulher santa. Assim Aladdin explica tudo a ela.

Aladdin e sua esposa viveram em paz por muito tempo, Aladdin tornou-se Sultão, reinou por muitos anos e deixou uma linhagem de reis.

 

 

 

Essa é a história original resumida de Aladdin, pois o texto é bem grande e com muito mais detalhes. Abaixo vou citar algumas diferenças do filme feito pela Disney em 1992. Não vou contar toda a história pois vale mais a pena assistir ao filme, e essa matéria ficaria muito grande.

 

Algumas diferenças

 

Em Disney Aladdin a história é quase a mesma, o mago Jaffar está à procura do diamante bruto, alguém que possa entrar e pegar a lâmpada que está escondida em uma caverna. Nessa versão Aladdin é um ladrãozinho que rouba para comer, mas assim como na versão original ele é muito generoso e bondoso.

O modo como Aladdin conhece a princesa é diferente. No filme a princesa se chama Jasmine, e ela não concorda com casamentos forçados e quer se casar por amor, por isso ela rejeita todos os pretendentes que aparecem. E é por esse motivo que ela foge para poder viver sua vida e ver como são as coisas fora do castelo.

A maneira como Aladdin se apaixona pela princesa são parecidas. Na história acontece depois que ele vê a princesa sem o véu por uma fresta, no filme é após ela deixar cair o capuz logo após fugir. Jasmine quase perde a mão por ingenuamente roubar uma maça e dar a um menino, é dessa forma que ela conhece Aladdin que até então não sabe que ela é a princesa.

 

O mago engana Aladdin para que ele vá até a lâmpada nas duas versões, mas no filme Aladdin encontra o tapete mágico dentro da caverna que o ajuda a encontrar a lâmpada. E se na história ele sai de lá com a ajuda do gênio escravo do anel, no filme ele tem ajuda do gênio da lâmpada. E nas duas versões Aladdin sai com a lâmpada em mãos. Uma diferença no gênio é que no filme ele pode pedir apenas três desejos, e aparentemente na história os desejos são infinitos pois Aladdin pede várias coisas.

Os pedidos exigidos pelo Sultão para que Aladdin se case com a princesa, em partes, aparecem no filme, mas esses pedidos fazem parte do primeiro desejo de Aladdin realizado pelo gênio, eles são colocados lá pelo próprio gênio, é apenas uma referência a história original.

O anel existe nas duas versões, mas no filme ele é um anel de família e é usado para encontrar o diamante bruto, Aladdin.

 

Na história original temos o mago e o conselheiro Vizir, no filme eles são a mesma pessoa, Jaffar.

O lugar frio onde Aladdin da história manda o filho do Vizir aparece no filme, mas no caso Jaffar é quem manda Aladdin para lá depois de tomar a lâmpada para si.

Na história o Vizir quer que a princesa se case com seu próprio filho e faz de tudo para que isso seja concretizado. No filme Jaffar é quem tenta se casar com a princesa.

 

O plano da princesa fingir gostar do mago para que Aladdin pegue a lâmpada existe nas duas versões, mas no filme a ideia parte da própria princesa enquanto na história a ideia parte de Aladdin, e como esperado, no filme não dá certo e Aladdin entra em uma briga com Jaffar.

Como visto na história existem dois gênios, um do anel e outro da lâmpada, o gênio da lâmpada é descrito como “horrível”. No filme existe apenas um, mas no final Jaffar se transforma em um gênio “horrível” quando é enganado por Aladdin.

 

 

E assim terminamos mais uma comparação de versões de contos de fadas.
Caso tenha gostado, por favor, deixe um comentário e compartilhe com seus amigos. Isso ajuda muito.

FONTE: lit2go

Você pode gostar...

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup