Mickey Mouse, Popeye e o Domínio Público

Já pensou se ao invés de espinafre, Popeye usasse um elixir de vida ou uma poção mágica para ganhar força? Se você tiver uma ideia dessas e quiser dar vida a ela está, teoricamente, liberado.

Popeye caiu em domínio publico na Europa em 2009, lá, assim como no Brasil, uma obra somente é protegida na lei dos direitos autorais por 70 anos após a morte do autor.

 

“Popeye é um dos primeiros desenhos famosos do século 20 à perder seus direitos autorais” Mark Owen, especialista em propriedade intelectual.

“O direito autoral vem em camadas. Sempre temos que perguntar o que exatamente caiu em domínio público e onde” Ronaldo Lemos, advogado e diretor do Criative Commons Brasil.

 

Na Inglaterra, por exemplo, o direito sobre gravações musicais termina 50 anos depois de seu lançamento. Ou seja, em 2012 as primeiras canções dos Beatles caíram em domínio público. Mas as composições continuarão tendo dono. O que vai estar liberado é o comércio e a edição das faixas gravadas pelo quarteto. Quem quiser fazer uma versão cover de “Love Me Do” continuará tendo que pagar.

Vale ressaltar também que apenas os quadrinhos e animações antigas do Popeye entraram em domínio público, ou seja, está liberado, basicamente, a primeira leva feita pelo criador. A marca Popeye continua globalmente em posse da King Features dos EUA, na prática mesmo, não mudou muita coisa.

popeye

Fonte da imagem: Reprodução/CGHUB

 

Mickey Mouse, o ratinho mais famoso do mundo deveria ter caído em domínio público em 2003 se não fosse por uma leve pressão da Disney. Em 1998, o Congresso aumentou o prazo de direito autoral de 75 anos apos a publicação para 95 anos. Ou seja, Mickey será controlado pela Disney até 2023, depois disso talvez ele caia em domínio público, ou a Disney juntamente com outras grandes empresas se juntem e consigam uma nova lei, e é quase certo que é isso que irá acontecer, assim teremos um prazo de mais de 100 anos de direitos autorais sobre essas obras. Lembrando que hoje nós temos o grande Oráculo Google que é contra a práticas desse tipo.

 

 

Um pequeno resumo da história de Mickey

Em 1923, os irmãos Walt e Roy Disney fundaram a empresa Disney Brothers Cartoon Studio. O estúdio de animação entrou no mercado com as “Comédias de Alice”, porêm a empresa passou por dificuldades financeiras depois do encerramento da série e mudou seu nome para The Walt Disney Studio em 1926.
Oswaldo, o Coelho Sortudo foi lançado logo em seguida, no entanto, devido ao grande sucesso do personagem, Walt Disney perdeu os direitos do coelho para a Universal que era a distribuidora do desenho. Foi nessa época que Walt Disney deixou de ser apenas um desenhista e começa a trabalhar na produção de suas obras.

Oswald

Cartaz de Oswaldo, o Coelho Sortudo
Fonte da imagem: Reprodução/Disney Family Museum

 

Após o evento da perda dos direitos do Coelho Oswald, Walt Disney decide então sempre ter o controle sobre suas criações, assim, tendo como base o próprio Oswald, Walt Disney cria o rato Mortimer Mouse. Contudo, antes do seu lançamento, graças a sugestão da esposa de Walt, o nome do rato foi alterado para Mickey Mouse. O ratinho tornou-se o mascote da companhia e um ano depois de seu lançamento, a parceria entre os irmãos deu lugar à Walt Disney Productions Ltda e mais três outras empresas. Dez anos mais tarde, elas se fundiram e se tornaram a Walt Disney Productions.

esbocoMickey

Esboço de Mickey Mouse
Fonte da imagem: Reprodução/Disney Family Museum

 

A primeira aparição de Mickey aconteceu no curta-metragem “Steamboat Willie”, no dia 18 de novembro de 1928. No curta, Mickey era um apaixonado por música que trabalhava em um barco a vapor. Depois de promover uma verdadeira sinfonia dentro do barco, ele é condenado pelo chefe ranzinza a ingrata tarefa de “descascar batatas”. Minnie Mouse, a namorada de Mickey, também aparece pela primeira vez nesse curta. “Steamboat Willie” foi o primeiro desenho a ter o som sincronizado com as situações mostradas na tela.

 

 

Walt Disney Animation Studios’ Steamboat Willie

https://www.youtube.com/watch?v=BBgghnQF6E4

Em 1935, Fred Moore modificou o desenho original de Mickey Mouse. Ele foi o responsável pela inclusão das luvas brancas no figurino do ratinho, as tais luvas eram simplesmente para tornar Mickey mais humano. Cinco anos mais tarde, Fred Moore desenha a animação mais famosa de Mickey nos cinemas, o desenhista cria então “Fantasia”.

 

 

Walt Disney’s FANTASIA 1940 Original Theatrical Trailer

https://www.youtube.com/watch?v=kx-PD6eqVQo

Alguns anos mais tarde, em 1937, os estúdios lançam o seu primeiro longa de animação, A Branca de Neve e os Sete Anões foram para os cinemas. O rendimento do filme foi tão grande que propiciou a mudança da empresa para a Califórnia. Alguns anos depois os animadores fazem uma grande greve, nessa época a empresa faz um relançamento de A Branca de Neve e os Sete Anões, o relançamento salvou a empresa, e a partir daí os relançamentos foram adotados como fonte de renda.

 

Apesar do nome de Mickey ter sido trocado pouco antes do lançamento, o nome Mortimer foi usado para outros personagens ao longo dos anos, o mais famoso é com certeza o Mortimer Mouse que na história é um rival de Michey.

UncleMortimer

Tio Mortimer, o primeiro Mortimer Mouse
Fonte da imagem: Internet

 

MickeyDeathValley

Fonte da imagem: Internet

 

O segundo Mortimer Mouse foi inserido nas HQs e nomeado como Montmorency Rodent para diferenciar do Tio de Minnie, mas o nome não pegou e acabou por ser Mortimer Mouse posteriormente.

MortimerMouse_Kim C. Jones

Montmorency Rodent
Fonte da imagem: Internet

 

Mortimer_Mickey's_Mouse_Works

Mortimer Mouse, o atual rival de Mickey
Fonte a imagem: Internet

 

Ao longo dos anos, desde que foi criado, Mickey sempre foi muito rentável para a Disney. O ratinho foi, praticamente, o primeiro personagem criado pela empresa de Walt Disney, ele passou por mudanças deixando de ser apenas um rato para se tornar um “menino” sempre alegre, compreensivo e sorridente.

Mickey Mouse foi, é e sempre será uma ótima fonte de renda para a Disney, e a empresa sempre lutará com unhas e dentes para que ele continue em suas mãos. Mas um dia a casa cai e Mickey finalmente entrará para o Domínio Público, ou talvez isso nunca aconteça.

 

 

FONTE: Guia dos Curiosos, R7 e ganimacao

Você pode gostar...

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup