Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte IV, Assassin’s Creed II

Você está lendo a Parte IV da sequência de matérias sobre Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed.

Nessa parte IV ainda estamos nos títulos:

Assassin’s Creed II
Assassin’s Creed Brotherhood
Assassin’s Creed Revelations

 

Caso não tenha lido as três primeiras matérias:

 

 

Josef Stalin

yalta conference Stalin

 

Vida Real

Josef Vissarionovitch Stalin nasceu em Gori no dia 18 de dezembro de 1879 e morreu em Moscou em 5 de março de 1953, foi secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética e do Comitê Central a partir de 1922 até a sua morte em 1953, sendo assim o líder da União Soviética.

Enquanto líder, Stalin no controle da União Soviética teve um importante papel para a derrota da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial, tornando-se assim uma super potência após rápida industrialização e melhorias nas condições sociais do população soviética.

 

Assassin’s Creed

Em Assassin’s Creed II Stalin é mostrado apenas como um inimigo dos assassinos, não sendo necessariamente um templário. Ele foi mostrado como um dos “tyrants” que, no game, foram mortos pelos assassinos.

 

 

Genghis Khan

Genghis Khan

Fonte da imagem: Reprodução/zerochan

Vida Real

Genghis Khan (1162-1227) foi um conquistador e imperador mongol, nascido com o nome de Temudjin nas proximidades do rio Onon.

 

Assassin’s Creed

Genghis Khan foi o fundador e primeiro imperador do Império Mongol, e governou de 1206 até sua morte em 1227.

Altaïr Ibn-La’Ahad suspeita de que Genghis Khan teria usado uma Piece of Eden para chegar ao poder. Altaïr, sua esposa Maria e seu filho Darim viajaram para a Mongólia com a intenção de assassinar Genghis Khan e recuperar a Apple. Em 1227 um assassino mongol chamado Qulan Gal acertou o cavalo de Genghis Khan com um arco e flecha, dando a Darim a chance de matá-lo.

Genghis Khan aparece nos Glyphs de Assassin’s Creed II.

 

 

Thomas Edison

ThomasEdison

 

Vida Real

Thomas Alva Edison (1847 – 1931) foi um inventor, cientista e empresário dos Estados Unidos.

Edison desenvolveu muitos dispositivos importantes para a sociedade, sendo um dos primeiros inventores a aplicar os princípios da produção maciça ao processo da invenção.

 

Assassin’s Creed

Thomas Edison foi um membro secreto da Ordem dos Templários, e usou sua influência para convencer Nikola Tesla, (que tinha descoberto a corrente alternada da energia elétrica, mais eficiente do que a corrente contínua de Edison), que estava com uma Piece of Eden que o ajudou a descobrir uma solução eficiente para a corrente alternada. Tesla também planejou a criação de uma rede elétrica mundial livre para todos com base em suas descobertas sobre a Apple.

Isso afetaria os planos dos Templários de controlar o mundo todo. Edison começou uma campanha de difamação contra o uso da corrente alternada de Tesla, gravando com uma câmera a execução por eletrocussão de um elefante com sua cadeira elétrica, tudo para promover a resistência pública sobre Tesla e suas idéias.

Thomas Edison aparece nos Glyphs de Assassin’s Creed II.

 

 

Cristóvão Colombo

Cristóvão Colombo

 

Vida Real

Cristóvão Colombo foi um navegador e explorador europeu, responsável por liderar a frota que alcançou as ilhas das Caraíbas (Antilhas) em 1492, e algum tempo depois o México.

 

Assassin’s Creed

Cristóvão Colombo aparece em Assassin’s Creed II: Discovery. No game ele é contatado por Rodrigo Borgia em 1488 para uma reunião. Luis Santángel, um amigo de Colombo, contrata Ezio para supervisionar a tal reunião temendo ser uma armadilha. Por fim, Ezio salva Colombo, duas vezes.

 

 

Jesus Cristo

JesusCisto

 

Vida Real

Jesus de Nazaré, o messias, o Filho de Deus, enviado a Terra para salvar a humanidade de seus pecados. Não é necessário muita explicação.

 

Assassin’s Creed

Cristo aparece nos Glyphs de Assassin’s Creed II.

O game mostra que Jesus tinha consigo umas das Pieces of Eden que ele usava para fazer milagres, como transformar água em vinho por exemplo. Esse teria sido o motivo pelo qual ele foi crucificado por Templários, eles queriam a Apple. Uma das Apples teria sido roubada pelos apóstolos e usada para ressuscitar Jesus por um curto período de tempo.

 

 

Chegamos ao final de mais uma parte.
Na próxima parte ainda continuaremos nesses mesmos títulos.
Até lá.

Não deixe de compartilhar, caso tenha gostado.

Você pode gostar...

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup