Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte VII, Assassin’s Creed II

Dando continuidade: Esta é a parte 7.

Veja as outras seis anteriormente postadas.

Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte I, Assassin’s Creed
Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte II, Assassin’s Creed II
Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte III, Assassin’s Creed II
Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte IV, Assassin’s Creed II
Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte V, Assassin’s Creed II
Personagens históricos da franquia de games Assassin’s Creed: Parte VI, Assassin’s Creed II

Boa Leitura:

 

 

Muhammad XII

MuhammadXII

 

Vida Real

Muhammad XII foi o 22º e último rei de Granada. Sucedeu ao seu pai Mulhacén, conhecido como “o Velho”, e reinou como Maomé XII de Granada entre 1482 – 1483 e 1487 – 1492.

Nascido em Granada em 1460 ou 1459, morreu no exílio em Marrocos, provavelmente em Fez, onde teria sido sepultado em 1532 ou 1533.

 

Assassin’s Creed

Muhammad XII (1460 – 1533) foi o emir (título de nobreza historicamente usado nas nações islâmicas do Médio Oriente e Norte de África) de Granada. Muhammad era um aliado dos assassinos e manteve-se em contato com eles, apesar de suas visões diferentes.

Durante a Inquisição Espanhola, Muhammad foi capturado pelos Templários impedindo os mouros de render-se aos espanhóis, fazendo assim a guerra continuar.

Os Templários planejavam manter a guerra ativa para evitar que a rainha Isabel financiasse Cristóvão Colombo em sua expedição para o Novo Mundo. No entanto, Ezio Auditore entrou no palácio onde Muhammad estava e convenceu o Emir a se render à Espanha, assim terminando a guerra e frustrando os planos dos Templários. Muhammad XII aparece em Assassin’s Creed II: Discovery.

 

 

Cesare Borgia

CesareBorgia

 

Vida Real

Cesare Borgia, Duque de Valentinois (1475 – 1507), foi um príncipe, cardeal e nobre italiano da Renascença europeia. Filho de Rodrigo Bórgia, o Papa Alexandre VI, com Vannozza dei Cattanei. Entre os seus irmãos estão Giovanni Bórgia, Lucrécia Bórgia e Gioffre Bórgia. Além dos quatro mais conhecidos filhos de Rodrigo, existiram também meios-irmãos de mães desconhecidas, entre eles está Pedro Luís de Borja e Girolama Borja.

 

Assassin’s Creed

Cesare Borgia conduziu o cerco de Monteriggioni para tentar eliminar os Auditore. A família combateu ao máximo o cerco para que a população pudesse escapar. Enquanto Ezio conduzia os recém-instalados canhões na muralha, Tio Mario foi pela frente, mas morreu pelas mãos de Cesare que tomou a Piece of Eden para si e capturou Caterina Sforza. Cesare Borgia mata mais tarde seu pai Rodrigo Borgia com a maçã envenenada que o próprio Rodrigo Borgia havia preparado para o filho.

 

Ezio e Cesare

Com a morte de Rodrigo Bórgia o Vaticano elege um novo papa. Após dois anos preso na Espanha em uma alta torre, Cesare é solto, ainda fraco e fragilizado pela Nova Doença, ele promete terminar o que havia começado e decide acabar com Ezio. Em uma longa briga, Ezio empurra Cesare do alto de um penhasco, dessa maneira Cesare Bórgia é morto.
Cesare Borgia faz participação em Assassin’s Creed Brotherhood.

 

 

Piri Reis

PiriReis

 

Vida Real

Piri Reis foi um almirante, geógrafo e cartógrafo Otomano nascido entre 1465 e 1470. Sua morte se deu em 1553.

Piri Reis é autor da obra Kitab-i Bahrieh (“Livro da Navegação”) de 1521, onde publica seus conhecimentos sobre cartografia, descrevendo as ilhas se a cota do Mediterrâneo e incluindo um mapa-múndi feito em 1513 chamado Mapa de Piri Reis, atualmente no Palácio de Topkapı.

 

Assassin’s Creed

Piri Reis foi um membro da Ordem dos Assassinos, mestre da Irmandade dos Assassinos otomanos. Apesar de não envolver-se em missões de violência, Piri serviu os assassinos como técnico, dando a eles materiais e métodos para a elaboração de bombas.

Ele era um amigo de confiança do assassino e líder otomano Yusuf Tazim, e também mais tarde fez amizade com Ezio Auditore da Firenze, Mentor dos Assassinos italianos. Piri Reis aparece em Assassin’s Creed Revelations.

 

Suleiman I

SuleimanI

 

Vida Real

Solimão I foi o décimo sultão do Império Otomano e o de mais longo reinado, que foi de 1520 até sua morte em 1566. Solimão tornou-se um monarca proeminente da Europa do século XVI, que preside o ápice do poder do império Otomano, militar, político e econômico. Liderou pessoalmente o exército otomano na conquista das fortalezas cristãs de Belgrado, Rodes e a maioria da Hungria, antes de suas conquistas serem restringidas no Cerco de Viena em 1529. Ele anexou a maioria do Oriente Médio em seu conflito com os persas e grandes porções da África do Norte a oeste até a Argélia. Sob seu governo, a frota otomana dominava os mares do Mediterrâneo ao Mar Vermelho e o Golfo Pérsico.

 

Assassin’s Creed

Suleiman I (1494 – 1566) foi o décimo sultão do Império aOtomno de 1520 até sua morte. Ele era o filho de Selim I.

Suleiman se envolveu na luta entre os Templários e Assassinos durante 1511. Depois de uma tentativa de sequestro falha por Templários bizantinos que trabalham para Manuel Paleólogo, Suleiman fez amizade com Ezio Auditore, que incentivou atitude progressista de Suleiman para a paz no Império Otomano. Suleiman I aparece em Assassin’s Creed Revelations.

 

 

Ahmet

Şehzade Ahmet

 

Vida Real

Şehzade Ahmet (1465-1513) foi um príncipe Otomano que lutou para ganhar o trono do Império Otomano em 1512-1513.

Ahmet era o filho vivo mais velho de Beyazıt II, sua mãe era Bülbül Hatun. Na tradição otomana, todos os príncipes eram obrigados a servir como provinciais governadores em Anatólia como parte de seu treinamento. Ahmet era o governador de Amasya, uma importante cidade da Anatólia. Embora o estado não fosse oficial, ele foi considerado como o príncipe da coroa durante os últimos anos do reinado de seu pai, em parte por causa do apoio do grão-vizir, Hadim Ali Pasha.

 

Assassin’s Creed

Ahmet (1465 – 1512) príncipe Otomano filho mais velho de Bayezid II, irmão de Selim I e Korkut, e tio de Suleiman I.

Cansado das brigas que dividiam os homens, Ahmet ingressou na Ordem dos Templários, acabou se tornando o líder dos Templários bizantinos e, simultaneamente, foi escolhido como o herdeiro de seu pai, o sultão do Império Otomano. Eventualmente, os esforços de Ahmet foram frustrados pelos Assassinos otomanos e em parceria com Ezio Auditore da Firenze.

Em última análise, o pai de Ahmet escolheu Selim como seu herdeiro em vez dele, durante a marcha de Selim para Constantinopla, ele pula em cima de Ahmet que teve uma morte rápida. Ahmet aparece em Assassin’s Creed Revelations

 

 

 

Dizem boatos que a família Auditore teria sido baseada um uma família que existiu mesmo na época dos acontecimentos. Tudo teria sido baseado nessa família, com apenas os nomes alterados, mas não passam disso, boatos. O sobrenome Auditore é um sobrenome comum na Itália, então você vai encontrar muita coisa pesquisando por ai.

Damos por terminado aqui as matérias referentes às sequencias de Ezio. Na próxima entraremos em Assassin’s Creed III. Até lá.

Você pode gostar...

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup