Saiba por que o estúdio Herbert Richers fechou as portas

“Versão brasileira, Herbert Richers”.

Talvez essa geração mais nova não conheça. Mas o pessoal mais velho, ou pelo menos os que tiveram a infância nos anos 90, com certeza se lembra.

Boa parte das pessoas associa a Herbert Richers apenas à dublagem. Mas, nos anos iniciais de funcionamento, a empresa foi um dos principais estúdios de cinema do Brasil. O estúdio teve um papel fundamental na consolidação da chanchada e dos cinejornais.

A chanchada foi um gênero que dominou a cinematografia nacional nas décadas de 1940 e 1950, nessas épocas a Herbert Richers chegou a dominar 80% do mercado de dublagem no Brasil. Atividade a qual Herbert Richers passou a se dedicar no fim da década de 1950, quando um amigo chamado Walt Disney sugeriu que o fizesse.

HerbertRichers

Fonte da imagem: Reprodução/O Dia

 

Mas qual o motivo do estúdio ter sido fechado?

A decadência da empresa teve início em 2003 por meio de um acordo trabalhista, na nova lei, os dubladores passaram a poder gravar em outros estúdios, sem vínculo empregatício. A partir dali, várias outras empresas de dublagem, algumas abertas por ex-funcionários da HR, começaram a surgir no mercado, oferecendo serviços a preços bem mais baixos. O lucro do estúdio começou a cair, mas os gastos para manter a folha de pagamento dos cerca de 300 funcionários, todos com carteira assinada, não.

HerbertRichersSA

Estúdios Herbert Richers SA – 2009

A empresa passou a funcionar no vermelho, os depósitos de salários e do FGTS dos empregados começaram a atrasar, o que gerou várias ações trabalhistas. Em 2009, Herbert Richers morreu e o prédio na Usina deixou de operar. Três anos depois, em 2012, o imóvel sofreu com um incêndio e foi a leilão por R$ 1,7 milhão, sendo arrematado por um grupo de empresários. A verba acabou sendo usada para pagamento de débitos com ex-funcionários e também na quitação de impostos atrasados.

 

 

É realmente uma pena um estúdio que teve grande importância para a dublagem brasileira acabar assim, esse foi um dos motivos a quais outros grandes estúdios como Álamo também fechassem as portas. Estúdios que realmente se dedicavam a qualidade nos trabalhos. Hoje temos vários estúdios Brasil afora, que por um lado é bom, quanto mais estúdios, mais emprego, porém, a qualidade caiu deliberadamente, não que não sejam bons os trabalhos, mas convenhamos, quando você ouvia “Versão brasileira, Herbert Richers!” ou “Versão brasileira, Álamo!”, você sabia que o resultado seria ótimo.

FONTE: O Dia

Você pode gostar...

  • Alexander Indio Fidelis Divino

    Era boas versões mesmo, eu gostava das duas, e o pior são essas pragas de redublagem, para que redublar um filme ou série? Isso me deixa furioso.

  • Carlos Carvalho

    Realmente é uma lástima o destino da Herbert Richers, Álamo, Dublasom Guanabara, AIC São Paulo, eram formados por dubladores que eram verdadeiros ícones da dublagem. Vozes super carismásticas e inesquecíveis. Davam de 1000 a zero nesses “dubladores” de hoje, que diga-se de passagem são horrorosos, ´parecem robôs.

  • WILLIAM FOLIAO

    HERBERT RICHERS E ÁLAMO SÃO LENDAS, ÍCONES DA PRÓPRIA HISTÓRIA MODERNA DO NOSOS BRASIL. UMA PENA QUE FECHARAM, POI SMARCARAM GERAÇÕES E PERPETUARAM-SE EM NOSSO CORAÇÃO E LEMBRANÇAS. GRANDES FILMES ASSISTIMOS COM SUAS VERSÕES.

  • Alexandre K.

    Não têm coisa mais chata do que, ao ler uma postagem, encontrar anúncios que não podem ser removidos. E o de sua pagina é assim. Perde-se a vontade de ler, e dá raiva do próprio anunciante. Já pensou nisto, animasan?

  • edu

    Graças as nossas leis paternalista aos funcionarios que sempre falem as empresas quando na sua saida

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup