Veja a diferença entre Disney Cinderella 1950 e A Gata Borralheira de Charles Perrault

Na próxima sexta-feira dia 13/03 será lançado nos EUA o filme Cinderella, pelos estúdios Disney. No Brasil ele chega dia 26 de março.

O filme é uma releitura do clássico Disney de 1950, que fora baseado no conto A Gata Borralheira de Charles Perrault. Essas releituras de clássicos são a nova aposta de Hollywood após o sucesso de Tim Burton com “Alice no país das maravilhas”, que rendeu mais de US$ 1 bilhão ao redor do mundo. Depois, veio “Malévola” com mais de US$ 750 milhões. Lembrando que esse novo filme de Cinderella é uma releitura, então, não espere nada “igual” ao original de 1950.

Veja abaixo a comparação de Cinderella 1950 com sua base A Gata Borralheira.

 

As duas versões são bem parecidas, sendo mudado por Walt Disney apenas algumas minimas coisas.

Ambas as versões a mãe de Cinderella é falecida, seu pai se casa novamente com uma outra mulher arrogante cujas duas filhas eram igualmente como a mãe. A madrasta tratava a doce Cinderella como uma reles empegada, pois não podia suportar tanta bondade e beleza.

Nas duas histórias Cinderella após o término dos afazeres domésticos, sentava-se à lareira se sujando toda com as cinzas. Na versão original de Charles Perrault, as irmãs a chamavam de Gata Borralheira por conta desse fato, na versão de Walt Disney as irmãs apenas zombavam dela.

CinderellaAfazeres

A organização do baile na versão Disney ficou por conta do Rei, que queria que seu filho escolhesse uma jovem entre todas as pessoas importantes do reino para se casar. Já na original foi o próprio príncipe que organizara tudo, convidando todas as pessoas importantes do reino.

Na história de Charles Perrault, Cinderella não diz às irmãs que quer ir ao baile como na versão Disney, ela apenas engoma os saiotes e arruma os cabelos e os vestidos das irmãs, que apreciam muito o gosto de Cinderella. As irmãs até perguntam a menina se ela quer ir ao baile, mas ela recusa dizendo que não é para ela. Assim, as irmãs zombam dela dizendo que seria estranho uma Gata Borralheira como ela em um baile como aquele. Na história de Charles Perrault as meias-irmãs de Cinderella não são de todo más.

Na versão Disney, Cinderella quer ir ao baile pois no convite diz que é para todas as moças solteiras do reino. A madrasta diz que a menina poderia ir, desde que a casa ficasse arrumada e que ela tivesse algo apropriado para vestir. Cinderella muito feliz, pega um vestido de sua mãe, arruma-o, limpa toda a casa com a ajuda de seus amiguinhos camundongos, que não existem na versão original. Cinderela, já arrumada e pronta para ir ao baile, teve seu vestido todo rasgado por suas irmãs más, a pobre menina observa suas irmãs e sua madrasta partirem para o baile numa linda carruagem, em seguida começa a chorar.

CinderellaAmigos

Na versão original, após ajudar as irmãs a se arrumarem, Cinderella olha as suas irmãs indo para o baile, e quando não pode mais ve-las, sentou-se aos prantos. Sua madrinha, que tinha vindo visitá-la, pergunta o que tinha acontecido mas Cinderella quase não conseguia falar.

Então a madrinha, que também era uma fada, pediu a Cinderella que trouxesse-lhe uma abóbora e a transformou em uma linda carruagem, em seguida foi ver a ratoeira onde encontrou seis ratinhos ainda vivos. Pediu à menina Cinderella que levantasse o ferro que os prendia e mal cada ratinho saía tocava-lhe com a varinha mágica. Imediatamente ele se transformava num belo cavalo.

Assim conseguiu seis cavalos magníficos, cinzentos cor de rato. Cinderella pegou de outra ratoeira um rato, para fazer de cocheiro.

Depois, a fada mandou a menina ir até o jardim encontrar seis lagartos que ela logo transformou em seis lacaios de librés magníficos. E por fim, a fada madrinha tocou o vestido velho esfarrapado de Cinderella, transformado-o em um belo vestido brocado de ouro e prata todo salpicado de pedras preciosas, e um par de maravilhosos sapatinhos de cristal.

 

Na versão Disney a sua fada madrinha aparece diante de Cinderella e pergunta a ela o que havia acontecido. A fada transforma uma abóbora em uma linda carruagem, transforma os quatro camundongos amiguinhos em quatro cavalos lindos, transforma um cavalo em cocheiro, o cachorro em libré, e por fim a fada madrinha deu a Cinderela um lindo vestido de baile e deu-lhe também um lindo par de sapatinhos de cristal.

O encanto acaba ao bater do último toque da meia-noite nas duas versões. Na versão Disney o baile acontece em uma única noite, já na versão original ele acontece em duas noites, a primeira noite Cinderella faz tudo certo, na segunda noite da versão original é como na versão de Walt Disney.

Ambas as versões o filho do Rei anuncia publicamente que se casará com a moça cujo pé o sapatinho servisse perfeitamente.
Na versão Disney a madrasta de Cinderela conta às filhas sobre o sapatinho, Cinderela fica contente e vai se arrumar para quando o súdito do príncipe chegasse com o sapatinho a encontrasse bem arrumada, a madrasta percebendo tudo tranca Cinderela em seu quarto para que ela não possa experimentar o sapatinho, pura maldade.

O mensageiro do rei quando chegou na casa de Cinderela suas irmãs e a madrasta já o aguardavam, então ele explica que o sapatinho deve ser calçado por todas as jovens solteiras do reino. As irmãs de Cinderela se apressaram em tentar calçá-lo, mas foi tudo em vão.

Enquanto isso, os amiguinhos de Cinderela tentavam soltá-la procurando a chave do quarto e com muito sacrifício a levaram até Cinderela.

Aqui, as duas versões Cinderella pede para experimentar o sapatinho, e as irmãs começam a rir e caçoar dela.

Na versão Disney o mensageiro faz sinal para Cinderela sentar, mas quando ele tenta calçar o sapatinho no pé da menina, para espanto de todos, ele cai e se quebra(mais uma maldade da madrasta), Cinderela sorrindo retira do bolso o outro sapatinho de cristal e calçou-o no pé, para espanto de suas irmãs e da madrasta má este lhe coube perfeitamente.

Na versão original Cinderella senta-se e o mensageiro tenta calçar-lhe o sapatinho. Servia-lhe como uma luva. Grande foi o espanto das irmãs. Porém, maior ficou quando a menina tira do bolso o outro par do sapato e o calça no outro pé. Nesse momento chega a madrinha que toca com a varinha de condão nas roupas de Cinderella, tornando-as mais luxuosas que nunca.

Foi então que as irmãs reconheceram nela a linda senhora do baile e, ajoelhando-se aos seus pés, pediram-lhe desculpa pelos maus tratos. Cinderella mandou-as levantarem-se e abraçou-as. Disse-lhes que lhes perdoava do fundo do coração e pediu-lhes que gostassem sempre dela. Depois, magnificamente vestida, foi levada à presença do príncipe, aos olhos de quem parecia ainda mais bonita, e casaram poucos dias depois. Como tinha tanto de bondosa como de bonita, Cinderella convidou as duas meias-irmãs a irem ao palácio e, nesse mesmo dia, casou-as com dois fidalgos.

E assim termina a história de Charles Perrault.

 

Na versão Disney Cinderela é levada ao encontro do Principe que aguardava ansioso por sua amada. Alguns dias depois se casam e vivem felizes para sempre.

 

 

Walt Disney fez sua versão de Cinderella mais dramática e triste de certa forma. Cinderella é uma moça linda que sofre nas mãos de sua madrasta má e suas filhas igualmente más, tudo pelo simples fato da menina ser bondosa e bonita demais.

Na versão original a qual Cinderella de 1950 fora baseada, má mesmo é a madrasta da menina, suas duas filhas gostam de Cinderella, elas só são patricinhas demais, a prova de que elas não tem um coração de pedra é o pedido de perdão no final de tudo.

Chegou até aqui? Gostou? Não deixe de comentar e deixar sua opinião nos comentários logo abaixo.
Compartilhe com seus amigos.

 

FONTE: portal-biblon e Disney Cinderela de 1950

Você pode gostar...

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup