Veja qual é a diferença entre Branca de Neve versão Original e versão Disney

Todo mundo, sem exceção, conhece Branca de Neve e, consequentemente, os sete anões. Como você já deve saber, a Disney sempre usou histórias de domínio público para fazer seus filmes/animações, seja se baseando nelas em partes ou por completo.

Branca de Neve e os sete anões, lançado em 1937, é uma das histórias urbanas/populares que os irmãos Grimm escreveram (eles não criaram), e lançaram na coletânea Contos de Grimm, com o intuito de preservar a literatura oral alemã.

Branca de Neve e os sete anões foi um dos filmes da Disney que usou quase toda a história original escrita pelos Irmãos Grimm. Apenas umas pequenas coisas no enredo/desenrolar da história que foi mudado.

 

 

A partir de agora vou detalhar a história original e explicar o que mudou no filme de 1937. Então acomode-se bem, e prepare-se para ler Branca de Neve – Contos de Grimm/Disney. A história é um pouco longa.

 

 

Nas duas versões existe uma Rainha malvada e vaidosa, que usa um Espelho Mágico para engrandecer sua vaidade, pois o espelho diz sempre a verdade.

Madrasta_01

 

Em algum momento de sua vida, a Rainha manda um caçador sumir com a menina Branca de Neve dali, e como prova ela pede para que ele traga os pulmões e o fígado da menina. O caçador levou Branca de Neve para a floresta e até puxou o facão para matar a garota, foi quando ela começou a chorar implorando por sua vida, pedindo para ele deixá-la viva que ela sumiria dali e nunca mais voltaria.

Diferente da versão Disney onde a Rainha pede o coração de Branca de Neve numa caixa. O caçador não consegue matá-la e pede para que Branca de Neve fuja dali.

O caçador matou um filhote de javali e retirou os pulmões e fígado e os levou para a Rainha que mandou salgar e assar os miúdos e os comeu. Na versão Disney, o caçador mata uma gazela, tira o coração bota em uma caixa e leva para a Rainha que fica satisfeita pensando que Branca de Neve finalmente morreu.

Nas duas versões a menina corre desesperadamente pela floresta. Originalmente, ela corre e chega até uma casinha onde entra para descansar. Na versão Disney, os animaizinhos a conduzem até a pequena casa.

BrancaDeNeve_Animais

 

Lá dentro, Branca de Neve percebe que tudo é pequeno e como estava com fome e com sede, mas não querendo comer toda a comida de apena um, ela come um pouco de cada prato e bebe um gole de vinho de cada canequinha. E como estava cansada, decide descansar. Então, Branca de Neve se ajeita na sétima cama, que era perfeita para o tamanho ela.

Na versão Disney, Branca de Neve entra na casa, percebe que tudo ali é pequeno, vê que tudo está sujo e desarrumado, então ela limpa, arruma tudo, lava a louça e ai vai até o quarto e junta todas as camas e dorme.

Quando os anões voltaram, perceberam que tinha algo de errado ali, pois algumas coisas estavam fora do lugar e algumas camas estavam amassadas. E na sétima cama eles perceberam que Branca de Neve estava nela, e se espantaram de tanta beleza.

Na versão Disney eles chegam e percebem que a casa está limpa e uma sopa os aguardava, pensando que se tratava de um monstro, eles sobem no quarto e percebem que ali estava Branca de Neve, uma linda menina dormindo. Na manhã seguinte, Branca de Neve acorda e leva um susto quando vê os sete anões. Mas eles foram muito simpáticos, com um jeito amigo e perguntaram a ela o que fazia ali.

Então ela contou a eles tudo o que tinha acontecido, como a madrasta queria matá-la, como o caçador poupou a vida dela, como ela tinha caminhado o dia todo até que, finalmente, encontrou a casinha deles. Os anões disseram que ela podia ficar ali se cuidasse deles e da casa.

Na versão Disney, quando Branca de Neve acorda surpreende-se, pois não eram crianças como ela pensava e sim homenzinhos, ela então lhes conta toda a sua história triste, e assim os anões a deixaram ficar. Ela foi muito bem aceita por eles pois ela cozinhava, lavava e passava para os sete anões. Todos eram felizes naquela casa.

BrancaDeNeve_Anoes

 

Versão Original

Os anões avisaram para Branca de Neve nunca deixar ninguém entrar, pois a madrasta logo descobriria que ela estava ali.

A Rainha logo descobriu que Branca de Neve ainda estava viva, a inveja não ia deixá-la em paz até que a menina estivesse morta. A Rainha sujou o rosto todo e se vestiu como se fosse uma velha vendedora ambulante. Com esse disfarce, atravessou as sete montanhas até a casa dos sete anões, bateu à porta e ofereceu um corpete brilhante para Branca de Neve.

Sem desconfiar de nada, a doce menina deixou que a velha a vestisse e amarrasse o corpete novo. Mas ela teve um gesto tão rápido e apertou tanto o cadarço do colete, que Branca de Neve ficou sem fôlego e caiu como se tivesse morrido. Quando os anões voltaram, ficaram horrorizados pensando que Branca de Neve estava morta, mas foi só soltar o cadarço do corpete que ela voltou a vida.

A Rainha dessa vez tenta com encantamentos envenenar um pente e, disfarçando-se de outra velha, foi até a casa do sete anões. Branca de Neve recusa-se a atender a velha, mas é dominada pela beleza do pente. A menina, inocentemente, abre a porta novamente, e mais uma vez, Branca de Neve cai como morta no chão.

Quando os anões chegam e veem que a menina está caída no chão, logo desconfiam da Rainha e examinam Branca de Neve, e retiram o pente envenenado dos cabelos da garota. No castelo, quando a Rainha ouviu o espelho dizer que Branca de Neve estava viva, tremeu e se sacudiu de raiva dizendo que Branca de Neve tinha que morrer.

É aqui que a versão Disney começa. A Rainha prepara uma maça envenenada, a maça tinha um aspecto tão saboroso que qualquer um sentiria vontade de comê-la.

A Rainha, disfarçada de camponesa, foi mais uma vez até a casa dos anões. Mas dessa vez Branca de Neve se recusou a abrir a porta e não compraria nada da velha. A Rainha por sua vez, ofereceu as maçãs de graça, dizendo que não tinha com que se preocupar, e para provar, pega a maçã, a corta no meio e dá a metade envenenada para Branca de Neve que, vendo a velha dando uma mordida, dá-lhe uma dentada na sua parte e cai morta no chão.

Na versão Disney a Rainha apenas faz uma poção venenosa, coloca dentro de uma maçã e parte até a casa e oferece a maça pra Branca de Neve que a morde e cai morta. Os anões chegaram em seguida mas era tarde demais, eles não conseguiram impedir que Branca de Neve mordesse a maçã, mas conseguiram finalmente acabar com a bruxa, eles perseguiram-na pela floresta até que ela acabou caindo em um penhasco morrendo em seguida.

Bruxa_BrancaDeNeve

 

A tristeza tomou conta dos anõezinhos, Branca de Neve era tão linda em seu sono de morte, que eles não tiveram coragem de enterrá-la, eles fizeram um esquife de ouro e cristal e velaram seu corpo dia e noite. O Príncipe, que procurava em toda parte por sua amada, ouviu dizer que uma linda menina dormia numa esquife e decidiu ir lá vê-la, aproximou-se de Branca de Neve e lhe deu um beijo apaixonado. Imediatamente Branca de Neve despertou do seu sono de morte, ela decide ir embora com seu amado e agradeceu aos anões por tudo que fizeram por ela.
E eles viveram felizes para sempre.

BrancaDeNeve_Beijo

 

 

Assim termina a história da Disney, agora vamos ao final original:

A Rainha quando chega ao castelo pergunta ao espelho quem é a mais bonita, e o espelho responde que é ela. Quando os anões voltaram para casa ao cair da noite, encontraram Branca de Neve caída no chão. Mas dessa vez não saía nem um pouco de hálito de sua boca, ela estava realmente morta.

Eles a levantaram, procuraram bem para ver se encontravam alguma coisa venenosa, afrouxaram as roupas dela, despentearam o cabelo, lavaram a menina com água e vinho, mas de nada adiantou, ela permaneceu morta, e assim ficou. Os anões puseram-na numa maca, sentaram-se todos em volta, choraram e se lamentaram durante três dias. Depois iam enterrá-la. Mas ela ainda tinha aspecto fresco, cheio de vida e continuava com suas lindas bochechas vermelhas.

Então eles fizeram um caixão transparente, de modo que ela pudesse ser vista de todos os lados. Deitaram Branca de Neve no caixão e escreveram o nome dela em letras de ouro, acrescentando que ela era filha de um rei. Depois puseram o caixão no alto de uma colina, onde um deles sempre ficava montando guarda ao lado dela. E os pássaros foram chegando e também choraram por Branca de Neve, primeiro uma coruja, depois um corvo e depois uma pomba.

Branca de Neve ficou no caixão por muitos e muitos anos. Ela não se decompunha e parecia dormir, continuando sempre branca como a neve, vermelha como o sangue e negra como o ébano. Até que um dia um príncipe veio por aquela floresta e parou para passar a noite junto à casa dos sete anões. Viu o caixão no alto da colina, viu a linda Branca de Neve dentro dele, leu as letras de ouro no caixão. Então o príncipe pede para que os anões vendam o caixão para ele. Os anões recusaram dizendo que nunca se separariam dela. O príncipe implora, pedindo que deem o caixão para ele, que não poderia viver se não pudesse ficar olhando Branca de Neve. Então, os anões ficaram com pena e resolveram dar o caixão a ele.

Quando os criados do príncipe levantaram o caixão para carregá-lo nos ombros, um deles tropeça numa raiz, e com o tropeção, o pedaço envenenado da maçã que ela havia comido se solta da garganta, e Branca de Neve desengasga, abre os olhos, levanta a tampa do caixão, senta e volta à vida. Perdida, a menina pergunta onde estava. O príncipe, explica tudo o que tinha acontecido, e a leva para o castelo de seu pai, onde se casariam. Branca de Neve também se apaixonou pelo príncipe e foi com ele.

Começaram logo os preparativos para uma festa maravilhosa de casamento. A madrasta malvada de Branca de Neve também foi convidada. Depois de se arrumar toda, com suas roupas mais bonitas, foi para a frente ao espelho e pergunta quem era a mais bonita, a resposta do espelho dizia sobre uma jovem Rainha que se casaria.

Ouvindo isso, a Rainha malvada xingou e amaldiçoou. Ficou tão horrorizada que não sabia o que fazer. Primeiro não queria ir ao casamento, mas não podia resistir à curiosidade de ver e saber quem era a jovem Rainha. No momento em que entrou no salão, reconheceu Branca de Neve e ficou tão apavorada que nem conseguiu se mexer. Mas já tinham mandado botar dois sapatinhos de ferro na brasa. Alguém os tirou de lá com umas tenazes e os pôs diante dela, que foi obrigada a calçar os sapatinhos em brasa e dançar até cair morta.

 

 

 

E ai estão as duas versões da história. Uma é bonitinha e feita especialmente para crianças. A outra não foi feita para crianças e é um conto oral antigo. Claro, que com o passar dos anos, esses contos foram sendo um pouco modificados, pois as suas primeiras versões eram nada apropriadas para os pequenos, que era o foco de vendas. O real final de Branca de Neve não acaba com um “felizes para sempre” e FIM, ele termina com uma pequena vingança, um pequeno castigo. Nada legal para crianças né?

Se você chegou até aqui, meus parabéns, você não é como a maioria que não gosta de ler. Aproveite e compartilhe essa matéria com seus amigos.

Você pode gostar...

  • Pingback: Tem sempre um final feliz – Teorizando()

  • FagnerLSantos

    Vale lembrar que a versão Disney tem uma terceira variante, criada pela Square Enix no jogo “Kingdom Hearts: Birth by Sleep”, pois era necessário na adaptação do jogo.

    Nessa variante, a Rainha não pede a um caçador que mate a menina, mas sim a Terra, um dos protagonistas do jogo, já que ela viu que o rapaz tinha escuridão em seu coração, apesar de lutar contra ela. Terra encontra Branca de Neve na floresta, os dois conversam, quando vários Unversed, monstros estranhos com os quais Terra encontrou em vários mundos, aparecem e então o mesmo envoca sua arma (sua Keyblade) para detê-los. Branca de Neve se assusta com a arma e acha que o mesmo pretende matá-la e corre, deixando Terra lutando com os monstros.
    Ventus, outro protagonista, encontra a garota assustada no meio da floresta e a anima. Branca de Neve se apresenta e diz a ele que precisa de um lugar para passar a noite, então Ventus, que estava vindo de outra direção, diz que viu uma casa perto dali e resolve conduzí-la, protegendo-a dos Unversed até chegar a casa dos sete anões. Com ela a salvo, Ventus vai patrulhar a área e encontra os sete anões, que já haviam conhecido Ventus momentos antes de tudo na mina. Branca de Neve conta tudo o que aconteceu e Ventus reconhece o assassino pela descrição como seu amigo Terra, mas não acredita que o mesmo possa ter tentado matá-la e vai procurá-lo.
    Depois, no resto segue meio tudo igual a versão Disney original, a única diferença é que Aqua, outra protagonista do jogo, torna-se uma expectadora a mais nas cenas finais, só isso.

    • Eu realmente não conhecia essa versão da história, e nem o jogo.
      Fico feliz que tenha compartilhado ela com a gente.

      E parando pra analisar, a historia original teria que ser mudada pra fazer um jogo mesmo, kkkk.
      Valeu.

Por favor, não saia ainda!
Caso tenha chegado aqui por uma pesquisa do Google e gostou da nossa matéria. Deixe seu email na caixinha abaixo para receber gratuitamente nossos feeds diretamente na sua caixa de entrada.
Obrigado por se inscrever. Você deve confirmar seu endereço de e-mail. Por favor, verifique seu e-mail e siga as instruções.
Nós respeitamos sua privacidade. Não divulgaremos suas informações pra ninguém!
Vai sair mesmo? Que pena. :-(
×
×
WordPress Popup
Assine a nossa newsletter
Deixe seu e-mail gratuitamente para receber nossas atualizações sobre as últimas notícias do site!
Não, obrigado
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Vai fechar mesmo?
×
×
WordPress Popup